• Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
 

 

 

 

 

 
 
Quatro Instituições Portuguesas recebem financiamento de aproximadamente 10 milhões de Euros
InBIO recebe investimento para potenciar investigação científica de excelência
 

14 de fevereiro de 2014 – O Instituto de Medicina Molecular (IMM), o InBIO - Rede de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva, a Universidade de Coimbra e a Universidade do Minho - Grupo de Investigação 3B’s vão receber cerca dois milhões e meio de euros cada, do European Research Area - Chairs (ERA-Chairs). Trata-se de um financiamento da Comissão Europeia inserido no programa Horizonte 2020. Foram submetidas 88 propostas das quais 13 foram aprovadas, quatro destas, portuguesas.

 

Este financiamento internacional tem como propósito potenciar a investigação científica de excelência, bem como aumentar a capacidade de captação de verbas destas entidades. Estes projectos terão a duração de cinco anos e permitem atrair investigadores de topo, para que as instituições possam competir com os centros de excelência pertencentes ao Espaço Europeu de Investigação.

 

Os investigadores, para cada uma das instituições, serão seleccionados com base em critérios de qualidade e inovação científica, assente nos projectos que desenvolvem com as suas equipas, bem como a sua rede de colaborações internacionais.

 

No caso do IMM, o projecto EXCELLtoINNOV irá dotar o IMM dos meios necessários para atingir um patamar de excelência científica, através do recrutamento de um ERA Chair em investigação biomédica translacional na área de imunidade e infecção.

 

O objectivo será posicionar o IMM na primeira linha da investigação, desenvolvimento e inovação nesta área, estabelecendo um eixo de investigação biomédica translacional, que irá permitir: expandir o potencial nacional além-fronteiras; actuar como interface da Europa, América e África; potenciando avanços científicos em imunidade e infecção, através de esforços colaborativos a nível mundial.

 

O sucesso desta estratégia baseia-se na implementação de atividades específicas tais como: o desenvolvimento de uma nova frente de investigação em estudos pré-clínicos moleculares e de imagiologia no IMM pelo ERA Chair, que irá beneficiar de uma forma transversal todas as áreas de investigação do instituto.

 

Através das diferentes actividades propostas, o IMM irá não só melhorar a sua capacidade para assegurar financiamento competitivo a nível internacional como também contribuir para os objectivos da estratégia de especialização inteligente, através do aumento da atractividade, competitividade e do potencial de inovação do IMM, da região de Lisboa e de Portugal. Henrique Veiga-Fernandes, Investigador Principal e Director de Estratégia Institucional refere que “o fortalecimento da área de imunologia e infecção permitirá alavancar a excelência científica em todas as áreas de investigação e desenvolvimento (I&D) do IMM”.

 

EnvMetaGen é o nome da proposta apresentada pelo Laboratório Associado InBIO - Rede de Investigação em Biodiversidade e Biologia Evolutiva que será também financiada. Este projecto tem como objectivo ampliar a Capacidade de Investigação e Inovação do InBIO através da metaGenónica Ambiental e pretende fortalecer o potencial de investigação, dos recursos humanos, laboratórios e equipamento de nova geração de sequenciação de genomas do InBIO, apoiando uma linha de investigação nessa área. Os resultados poderão ser aplicados na conservação da biodiversidade, controlo de espécies invasoras, avaliação de serviços dos ecossistemas e (bio) monitorização da qualidade ambiental.

 

“A EnvMetaGen irá permitir o lançamento de um concurso internacional para a contratação de um investigador de alto nível, bem como a respetiva equipa, de modo promover a massa crítica adequada na área da metaGenómica Ambiental”, comenta Pedro Beja, detentor da Cátedra Convidada EDP-Biodiversidade no InBIO e acrescenta “esperamos que esta área de investigação tenha um impacto tanto a nível regional como nacional e europeu, criando abordagens e metodologias inovadoras e de baixo custo para o estudo da biodiversidade, ecologia e qualidade ambiental”.

 

O projecto do grupo de Investigação 3B’s da Universidade do Minho intitulado FoReCast tem como principal objectivo científico o desenvolvimento, por metodologias de engenharia de tecidos, de modelos in vitro tridimensionais (3D) de tecidos tumorais. Estes modelos 3D devem ser capazes de reproduzir a complexidade da matriz extracelular (ECM). Espera-se que estes modelos reduzam a necessidade de alguns ensaios animais e venham a ter um papel fundamental na avaliação do potencial farmacológico de novas moléculas e, consequentemente, no desenvolvimento de tratamentos mais eficientes e personalizados para esta doença complexa e devastadora.

 

Neste projecto pretende-se conjugar de forma estratégica o conhecimento adquirido ao longo dos últimos 20 anos nas áreas dos Biomateriais e de Engenharia de Tecidos com a implementação de cinco novas áreas de investigação, nomeadamente: Glicoengenharia para imagiologia tumoral (RL1); Bioinformática (RL2); Engenharia celular (RL3); Nanotecnologias (RL4); e Sinalização celular (RL5).

 

 

Sobre o IMM

 

O Instituto de Medicina Molecular (IMM) é uma instituição de referência em Portugal tendo adquirido o estatuto de Laboratório Associado ao Ministério da Educação e Ciência. A missão do IMM é promover a investigação biomédica básica, clínica e de translação, contribuindo para a compreensão dos mecanismos da doença, o desenvolvimento de novas abordagens terapêuticas, de testes preditivos e de ferramentas de diagnóstico.
Website: www.imm.fm.ul.pt

 

 

Sobre o InBIO

 

O InBIO é uma rede de investigação que conduz investigação de topo na área da biodiversidade e evolução. Tem 177 investigadores doutorados, 120 alunos de mestrado e 135 alunos de doutoramento distribuídos por 20 grupos de investigação. A sede localiza-se em Vairão (Vila do Conde), no Campus Agrário da Universidade do Porto, mas com polos distribuídos um pouco por todo o país (Açores, Évora e Lisboa) e também em Angola e no Brasil. Website: http://inbio-la.pt

 

 

Sobre o Grupo de Investigação 3B´s

 

O Grupo de Investigação 3B´s (Biomateriais, Materiais Biodegradáveis e Biomiméticos), membro do Laboratório Associado ICVS/3B´s, da UMinho, é um dos centros de investigação de referência no panorama científico Português, sendo uma instituição líder e com reconhecido prestígio internacional na sua área de trabalho. Coordena o Instituto Europeu de Excelência em Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa (TERM) com sede no AvePark, Caldas das Taipas - Guimarães. A sua investigação foca-se nas áreas acima referidas, na utilização de células estaminais para TERM, na libertação controlada de fármacos e na valorização de recursos de origem marinha para aplicações biomédicas.
Website: www.3bs.uminho.pt

 

 

Sobre o Horizonte 2020

 

O Horizonte 2020 – Programa-Quadro Comunitário de Investigação & Inovação, com um orçamento global superior a 77 mil milhões de euros para o período 2014-2020, é o maior instrumento da Comunidade Europeia especificamente orientado para o apoio à investigação, através do cofinanciamento de projectos de investigação, inovação e demonstração.

 

 

Para informação adicional, contactar:

 

LPM Comunicação | Maria João Serra | mariaserra@lpmcom.pt | 92 741 30 27

 

InBIO | Maria João Fonseca | divulgacao@cibio.up.pt |912354684

 

Grupo de Investigação 3B´s | Ariana Santos | ariana.santos@dep.uminho.pt | 964314717

 

 

 

Posted in 2015-02-16