• Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
 

 

 

 
 
Há Vida no Parque! – Plantas Domesticadas
14 de Maio de 2017 | Fundação de Serralves
2017-05-05
 

No Domingo, dia 14 de Maio, Há Vida no Parque! em Serralves. Será dedicado às Plantas Domesticadas e é uma atividade no âmbito da parceria entre a Fundação de Serralves e o CIBIO-InBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos.

 

CONVERSA
11h00 - 11h30
Local: Sala Multiusos (Quinta de Serralves)
Público-alvo: jovens e adultos

 

PERCURSO
11h30 - 12h30
Ponto de encontro: Quinta de Serralves
Lotação: 25 participantes
Público-alvo: famílias e público em geral

Acesso família: 5€ família (válido até um máx. de dois adultos participantes acompanhados de crianças até aos 12 anos; nr. livre de crianças até aos 12 anos, sempre que acompanhadas pelos responsáveis)
Acesso individual: mediante aquisição de bilhete Museu ou Parque

 

Sinopse da actividade:
João Tereso é o investigador do CIBIO-InBIO que nos guiará nesta atividade dedicada às Plantas Domesticadas.


Ao longo de milénios as plantas que cultivamos foram-se adaptando ao nosso clima e às nossas condições locais, originando variedades tradicionais com uma imensa biodiversidade. Apesar de terem sustentado os nossos antepassados, estas variedades têm desaparecido gradualmente dos campos, sendo substituídas por variedades comerciais mais produtivas, mas menos diversas e resistentes a alterações ambientais, tais como as mudanças climáticas.
Na conversa e no percurso serão abordados a história e os processos da domesticação dos cereais e da introdução da agricultura em Portugal, assim como as vantagens e desvantagens deste tesouro biológico. Veremos diversas variedades tradicionais e comerciais de alguns cereais e exploraremos as suas diferenças.

 

Mais informação sobre esta e outras actividades no website da Fundação de Serralves.