• Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
 

 

 

 
 
Há Vida no Parque! – Cogumelos
7 e 8 de Novembro de 2015 | Parque de Serralves
2015-10-29
 

No fim de semana de 7 e 8 de Outubro Há Vida no Parque! em Serralves, desta vez dedicado aos Cogumelos. Mais uma actividade no âmbito da parceria entre a Fundação de Serralves e o CIBIO-InBIO.

 

Todas as actividades têm entrada livre.

 

SÁBADO (ADULTOS)
Conversa, das 15h00 às 16h00, Espaço. Parque (Quinta de Serralves)
seguida de Percurso no Parque, das 16h00 às 17h30.

 

DOMINGO (FAMÍLIAS)
Percurso no Parque, das 11h00 às 12h30 (saída da receção do Museu)
Oficina na Sala do Serviço Educativo do Museu, das 10h00 às 13h00.

 

Conversa e Percursos: Ricardo Castilho (Investigador do CIBIO-InBIO - Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos).
Oficina: Mundo Científico, Lda.

 

Sinopse da actividade:
O reino dos fungos, apesar de um dos maiores e mais diversos, é ainda muito pouco conhecido. Estimativas recentes apontam para 1,5 milhões de espécies, das quais apenas cerca de 55000 poderão ser produtoras de cogumelos.
Os cogumelos são os corpos frutíferos integrados na estratégia de reprodução destas espécies. Os fungos são peças fundamentais no equilíbrio de todos os ecossistemas, podendo ser encontrados desde as regiões polares até aos trópicos, desempenhando importantes funções como a reciclagem de nutrientes ou a associação com outros seres vivos (plantas ou animais) em relações mutualistas e/ou parasíticas.
Durante a conversa pretende-se ilustrar qual o principal papel e a importância da relação que estes organismos têm com o ser humano nas suas atividades económicas e culturais, partindo-se depois à descoberta do Parque, onde se pretende ilustrar a diversidade de espécies que aqui ocorrem, nos diversos habitats, assim como as boas práticas na colheita e identificação de cogumelos.

 

Mais informação sobre esta e outras actividades no website da Fundação de Serralves.