• Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
  • Research Center in Biodiversity and Genetic Resources

    InBIO Associate Laboratory

    Research Center in  Biodiversity and Genetic Resources
 

 

 

 
 
DE CARACÓIS, (VELHOS) MÉTODOS E IDEIAS (NOVAS): PORQUE EVOLUIR É CONSTRUIR SOBRE UM PASSADO...
Professor Doutor António Manuel de Frias Martins, Universidade dos Açores, CIBIO-InBIO | April 28, 2017 -14h30 | CIBIO-InBIO’s Auditorium, Campus de Vairão
2017-04-28
 

AULA MAGISTRAL

 

 

 

António Manuel de Frias Martins doutorou-se em Ciências Biológicas na Universidade de Rhode Island, EUA, em 1985. É actualmente Professor Catedrático Jubilado da Universidade dos Açores. Especialista em sistemática e evolução de moluscos, foi sobretudo nos gastrópodes terrestres que mais se destacou, tendo descrito inúmeras espécies, em particular no Arquipélago dos Açores, o seu “laboratório natural” de eleição. A ele se deve a criação do pólo dos Açores do CIBIO-InBIO (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos, Laboratório Associado). É, também, o malacólogo português mais conhecido, tendo sido até à data o único presidente Português da Unitas Malacologica (2013– 2016), sociedade internacional que reúne a comunidade malacológica mundial.

 

A paixão inexcedível do Professor Frias Martins pelo mundo natural tornou-o, claramente, no último dos grandes naturalistas “da velha guarda” em Portugal, em linha com figuras como Augusto Nobre ou Rolanda Albuquerque de Matos, com uma visão da biologia que claramente excede o seu domínio de especialização, facto a que não é alheia a sua obra notável de divulgação científica, que compreende não só inúmeras publicações na área da biodiversidade e conservação no Arquipélago dos Açores, mas também a criação do ExpoLab – Centro Ciência Viva, São Miguel – de que foi o grande impulsionador como Presidente da Sociedade Afonso Chaves.

 

Créditos de Imagem: António Frias Martins